Por que a organização é tão importante para Alcançar Metas?

Metas alcançadas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Neste conteúdo, vamos falar sobre:

Dentro de uma empresa, todos os colaboradores têm objetivos. Eles podem ser conquistados a curto, médio ou longo prazo. No entanto, a falta de organização é uma inimiga conhecida de quem tem dificuldades para alcançar metas.

A verdade é que não existe uma receita exata para chegar ao propósito de forma mais rápida e eficiente. Todos os processos dependem de planejamento, compromisso e, claro, muita paciência.

Além do mais, a organização das metas é uma das chaves para o sucesso de alcançá-las. E nós não estamos falando isso de forma arbitrária. Na verdade, como os seres humanos lidam com o alcance de objetivos foi uma pesquisa do cirurgião Maxwell Maltz.

De acordo com ele, quando temos metas bem definidas, nosso subconsciente procura por sinais em nosso entorno que possam facilitar essa realização. Somos capazes de filtrar informações que sejam realmente relevantes para a finalidade que procuramos.

Então prepare o papel e a caneta: vamos organizar nosso destino.

Por que é importante se planejar para alcançar metas?

Qualquer que seja o cargo que você ocupa dentro de uma corporação, sua trajetória já começa com alguns objetivos, certo? Exemplos comuns são: efetivação, aumento de salário, promoção a um cargo de liderança, reconhecimento internacional, entre tantos outros.

Além da realização pessoal, alcançar metas também faz parte da mensuração de produtividade de uma empresa. Afinal, por meio delas é possível saber o que está dando certo e o que precisa ser melhorado no desenvolvimento do indivíduo ou da equipe.

Para chegar onde se almeja, a importância do planejamento é indiscutível. Só com uma gestão eficiente das suas tarefas é possível dar um passo à frente neste propósito. Nada de jogar seus objetivos para o universo e esperar que ele faça todo o trabalho.

Contudo, existem algumas reflexões que precisamos discutir antes de iniciar a jornada.

Objetivo x Meta

Em primeiro lugar, precisamos deixar clara a diferença entre objetivo e meta. O objetivo é a finalidade concreta de onde se deseja chegar. Vamos dar um exemplo bem didático. Imagine que você está participando do processo seletivo para ser admitido na empresa dos seus sonhos.

Nesse caso, seu objetivo é entrar nessa empresa, ou seja, ser contratado. Já a meta é o caminho que você precisa percorrer até chegar ao objetivo. Se o processo tem três fases, passar por cada fase é cumprir uma meta.

Metas e Objetivos

A cada meta cumprida, mais perto você estará do seu objetivo.

Preparação

Bom, a questão é que alcançar metas é algo que não acontece sem preparação. Tudo exige esforço, planejamento e comprometimento. O ideal é começar com metas menores e mais simples. A partir daí, é possível
evoluir até alcançar um nível considerável.

Definir prioridades também é fundamental. As tarefas precisam ser elencadas por importância e também por tempo de execução. Dessa forma, você poderá saber quais precisam ser feitas primeiro e quais podem ser deixadas por último.

Lembre-se que abraçar o mundo é impossível! Trabalhe sua gestão do tempo para não se sobrecarregar e ser mais produtivo.

Foco

Muitas vezes, nos deparamos com dezenas de tarefas a serem feitas em um curto espaço de tempo. Tentar fazer tudo de uma vez não é a melhor saída. O ideal é iniciar e terminar uma de cada vez, levando em conta as prioridades que acabamos de comentar.

Procure se desviar do trabalho o mínimo possível, mas é claro, respeitando momentos de pausa – trabalhar incansavelmente também pode não ser saudável.

Positividade

Parece clichê, mas acreditar em si mesmo também precisa estar em evidência na sua vida profissional. Quando se trata de chegar aos objetivos, ninguém pode definir o quanto isso é importante para você quanto você mesmo.

Pensar positivo pode e deve ter um espaço reservado na sua agenda, assim como as atividades que te fazem bem que não têm a ver com o trabalho.

Apenas uma pessoa que sabe equilibrar as responsabilidades e o lazer pode aproveitar suas realizações de forma plena. Acredite em você e se valorize enquanto pessoa e enquanto profissional.

Como estabelecer metas com uma equipe?

Até aqui, estávamos falando sobre metas e objetivos individuais. Quando incluímos uma equipe neste processo, é claro que ele fica um pouco mais complexo – e precisa de mais atenção. Mas calma! Não é motivo para desespero. Na verdade, pode ser até uma coisa positiva.

O ditado diz que “duas mentes pensam melhor do que uma”, não é mesmo? Trabalhar com uma equipe competente pode ser uma fonte imensurável de novos aprendizados e competências.

Antes de qualquer coisa, algumas decisões precisam ser tomadas:

  • Quem estabelece as metas e objetivos para esse grupo? (Essa função pode ser de um superior comum, do líder da equipe ou pode ser algo feito por todos)
  • O que é levado em consideração nesta decisão?
  • Quantas metas são individuais e quantas são compartilhadas?
  • Como o grupo pode lidar com possíveis frustrações?

Método SMART

Depois de entender porque o planejamento é tão importante para alcançar metas, vamos começar a defini-las. O método SMART pode te ajudar. Além de significar “inteligente” em inglês, SMART também é uma sigla muito
conhecida no mundo corporativo quando o assunto é traçar objetivos.

Cada letra representa um adjetivo que deverá ser incorporado ao seu propósito.

Já falamos de forma mais profundo sobre o Objetivo Smart neste post aqui.

S = SPECIFIC (específico)

Quanto mais específico é o seu objetivo, mais fácil é definir uma meta (ou mais) para cumpri-lo. Vamos usar outro exemplo aqui para deixar a ideia mais clara.

Imagine que o objetivo definido para a sua equipe é aumentar o lucro da empresa até o fim do ano. Certo. Mas como isso vai ser trabalhado? Quais são as estratégias? Por onde você deve começar? Todas essas especificidades devem estar transparentes desde o início.

 M = MEASURABLE (mensurável)

Seu objetivo também precisa ser mensurável, ou seja, possível de medir. Você quer aumentar o lucro, mas aumentar quanto? Repare que isso também está relacionado ao ser específico, e quanto mais específico melhor.

A = ATTAINABLE (atingível)

Sonhar é bom, mas nessa hora é importante manter os pés no chão. Suas metas precisam ser possíveis de atingir.

R = REALISTIC (relevante)

Como já falamos ali em cima, alcançar metas também está relacionado a uma realização pessoal. Quando você estabelece uma conexão emocional com seus objetivos, tudo fica mais fácil também. Seus objetivos na empresa são importantes para ela, mas é melhor ainda quando eles também são importantes para você.

T = TIME (tempo)

Um dos pilares da organização é o tempo. Já comentamos ali em cima sobre gestão de tempo, e vamos repetir sobre a importância dela. Estabeleça prazos e horários para serem cumpridos.

Não se esqueça que a pressa é inimiga da perfeição. O tempo para as tarefas precisa ser hábil, cuidado para não sobrecarregar a si mesmo e nem a ninguém. Essas são as cinco palavras que compõem o método SMART. Interessante, não é mesmo?

Já que temos como definir as metas, precisamos colocá-las em prática e fazer o processo acontecer. Para isso, a equipe precisa estar em sintonia, e o mais importante – precisa estar motivada. Vamos falar sobre isso?

Como incentivar a equipe para alcançar metas estabelecidas?

Quando lidamos com um grupo de pessoas, lidamos com diferentes histórias e diferentes expectativas. Pensando nisso, um ambiente de trabalho estimulante é importantíssimo para que todos trabalhem com sinergia.

Um passo importante do incentivo é entender as necessidades e dificuldades de cada indivíduo. Só assim é possível encaixá-los em tarefas onde cada um poderá dar seu máximo.

A busca por metas em comum também é uma forma de fortalecer os vínculos da equipe e promover uma competitividade positiva. Dessa forma, todos podem sair ganhando e aprendendo. Aqui no blog, nós também já tratamos a fundo o incentivo por meio de mensuração de resultados e relatórios de produtividade. Não deixe de conferir este artigo!

Recompensas financeiras podem ser uma forma muito efetiva de incentivar a equipe. Entretanto, nunca prometa algo que não possa oferecer, ou que seja inviável de realizar. Isso só vai desacreditar e frustrar aqueles que deveriam confiar em você.

Leia também: Plano de Cargos e Salários: conheça a importância estratégica desta ferramenta

Muito mais do que uma empresa renomada, precisamos de colaboradores que sintam vontade e alegria de estar ali; que sintam vontade de crescer. Por fim, os feedbacks coletivos podem aumentar muito a percepção do grupo sobre o caminho que está sendo traçado. Permitir que todos expressem suas opiniões e façam observações pode promover um crescimento profissional absurdo para a empresa.

Incentive a equipe a separar as críticas profissionais dos ataques pessoais. Entender suas falhas é muito importante para mudar atitudes e contribuir com o crescimento do grupo.

Metas individuais x Metas compartilhadas

Quando o assunto são os objetivos organizacionais da empresa a serem cumpridos, é preciso definir os passos da equipe em direção àquela finalidade. Para isso, são estipuladas tarefas individuais e coletivas na hora de alcançar metas.

Mesmo as responsabilidades mais simples são de grande importância, já que poderão facilitar o trabalho de alguém. O impacto de uma tarefa usual bem executada pode ser enorme! O ideal é que toda a equipe tenha acesso a todas as tarefas. Dessa forma, caso aconteça alguma defasagem, é possível saber onde o erro aconteceu.

Esta também é uma forma de manter a comunicação alinhada, já que todos saberão em que passo está o processo.
Além disso, se alguém precisar de ajuda, outro colega pode saber como ajudar, de acordo com a natureza da dificuldade.

Procrastinação: a grande inimiga na hora de alcançar metas

O provérbio já dizia: “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”. De fato, adiar tarefas que podem ser feitas com antecedência podem prejudicar (e muito) o andamento dos seus objetivos.

A procrastinação está relacionada diretamente ao não cumprimento de tarefas, sabia? Isso porque nós estamos acostumados a sentir mais prazer fazendo coisas que tragam recompensas imediatas. Quando falamos dos objetivos corporativos, estamos falando de resultados que demandam tempo.

Quando o prazer de alcançar metas algo parece distante, nós acabamos deixando para depois. Por isso é tão importante fazer um pouco todos os dias: para manter o hábito do trabalho e sentir que cada passo está valendo a pena.

Evitar a procrastinação é, além de tudo, uma economia de tempo. Fazer o seu trabalho com calma e antecedência evita que a pressão de última hora se torne um problema. Com menos tempo hábil para trabalhar, você fica muito mais exposto aos erros que poderiam ser evitados.

Criar o hábito de procrastinar suas tarefas é tão ruim quanto parece – quanto mais você faz, mais está inclinado a continuar fazendo. Os outros membros da equipe ainda podem ser grandes aliados contra a procrastinação.

Trabalhando juntos, os colaboradores podem incentivar uns aos outros e manter um ritmo satisfatório que leva ao sucesso.

Antecipar sim, sobrecarregar não

Como já comentamos mais de uma vez, você deve organizar seu tempo de trabalho para ser o mais produtivo possível. Mas um conselho essencial é: fazer SEMPRE é melhor do que fazer MUITO. Você deve respeitar seus limites de acordo com aquilo que considera ser saudável para o trabalho que está se propondo a fazer. Deve ser assim com toda a equipe.

Mais uma vez – estamos lidando com pessoas, personalidades e capacidades diferentes. Algumas pessoas conseguem se dedicar a mais de uma tarefa por vez, outras não. Tudo isso deve ser organizado antes de começar, para ser possível promover o respeito a todos os envolvidos nas metas do grupo.

Isso não quer dizer que elas são menos produtivas, só quer dizer que elas trabalham em ritmos diferentes. Esses perfis fazem parte do dia a dia de todas as empresas e podem ensinar muito às lideranças sobre formatos de produção.

Como organizar tarefas para alcançar metas

Agora que já falamos sobre todos os passos importantes na hora de definir e cumprir metas dentro da empresa, está na hora de dar o primeiro passo de forma prática e objetiva. Para isso, seu melhor amigo com certeza será um gerenciador de tarefas.

Ele te dará projeções individuais e coletivas, e dimensionar as metas alcançadas e pendentes será ainda mais fácil.  Processos que parecem difíceis ficarão ainda mais simples. Vamos fazer um teste?

Compartilhe este conteúdo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Receba nossos conteúdos

Receba gratuitamente exatamente o que precisa saber para ter padronização, transparência e fluidez nos seus projetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Ei, que tal comprovar por conta própria que o Proj4me é a melhor opção para gerenciar seus projetos?

✅ Preencha seus dados e crie sua conta agora!